Petista espanca enteado que celebrava vitória de Bolsonaro

As informações foram publicadas pelo jornalista Fernando Tupan neste sábado (3) no jornal Bem Paraná.

O petista, professor, doutor e ex-reitor da UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul), em Laranjeiras do Sul, no Paraná, teria sido preso após supostamente espancar o enteado de 11 anos.

O motivo da agressão? Segundo o jornal, o garoto estava na casa do vizinho comemorando a vitória do presidente Jair Bolsonaro.

“Mayer que votou no petista Fernando Haddad desferiu socos, pontapés e utilizou um cabo de reio para agredir a criança”, afirma o jornalista Fernando Tupan, em seu “Blog do Tupan”, no jornal Bem Paraná.

Alunos da instituição vão exigir a demissão do professor.

O acusado de agressão foi solto após pagar fiança de R$ 2,5 mil, segundo informações do jornal Bem Paraná.

Com Renova Midia

Deixe uma resposta