Moro:”Crime organizado não tem como vencer o Poder Público organizado”

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse ao jornal O Estado de S. Paulo nesta sexta-feira (4/1), que a decisão de encaminhar a Força Nacional para o Ceará foi tomada após uma “ponderada avaliação” e que as forças de seguranças federais vão atuar de forma integrada com as estaduais para “servir e proteger a população” cearense.

“O crime organizado não tem como vencer o Poder Público organizado”, disse Moro, após publicar uma portaria em que autorizou o envio e permanência por 30 dias de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional.

O prazo de permanência, segundo a portaria, poderá ser prorrogado se houver necessidade.

Ainda na noite de ontem, Moro já havia determinado que a Polícia Federal, a Rodoviária Federal e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) tomassem as providências necessárias para auxiliar as autoridades cearenses no combate aos atos de violência ocorridos ao longo do dia na capital Fortaleza.

Com informações Metropoles

Leia Mais:

Bolsonaro reafirma mudança na idade mínima para aposentadoria

O presidiário Lula custa R$ 10 mil por dia e já consumiu R$ 2,7 milhões

Bolsonaro fala sobre o auxílio-reclusão e promete rever regras

Deixe uma resposta