Advogados apresentam pedido de impeachment de Gilmar no Senado

Carvalhosa entregou no Senado um pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta quinta-feira (14) foi apresentado ao senado um documento  pelo advogado Modesto Carvalhosa  que contém 150 páginas e anexos com outras 800 páginas. Confira o documento na íntegra AQUI.

Alguns dias atrás, Carvalhosa, que é bacharel e doutor pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, afirmou que o ministro Gilmar Mendes “não tem condição nenhuma de continuar” no Supremo Tribunal Federal (STF).

O documento também é subscrito pelo advogado Luís Carlos Crema e pelo desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo Laércio Laurelli.

O último trecho do pedido de impeachment apresentado no fim da manhã desta quinta-feira afirma:

“Por fim, seja imposta a GILMAR FERREIRA MENDES a perda do cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal e a inabilitação para o exercício de função pública pelo prazo de oitos anos, conforme determina o parágrafo único do art. 52 da Constituição da República.”

Leia mais:

Planalto não admite falta de conclusão sobre atentado a Bolsonaro

Ciro diz que Gleisi é “chefe de quadrilha” e ela rebate dizendo “coronel oportunista”

#SomosTodosAllan alcança os assuntos mais comentados do Twitter após ataques da grande mídia

 

Um comentário sobre “Advogados apresentam pedido de impeachment de Gilmar no Senado”

  1. O que mais surpreendeu a todos nós do mundo jurídico foi o silêncio omissivo e obsequioso de Raquel Dodge, que permitiu os ataques furiosos de um ministro em franco surto psicótico contra a instituição que ela preside (Ministério Público Federal), assim como aos seus membros, cujos cargos foral alçados por via de concurso público, condição esta jamais cumprida por esse boçal “senhor supremo”

Deixe uma resposta