Gilmar Mendes chama os procuradores de " cretinos " e " gentalhas"

“Infelizes, reles, desqualificados”, disse  Gilmar Mendes, acusando os procuradores de forçar acordos de delação, ameaçar juízes e vazar informações.

O ministro Gilmar Mendes, que ajudou na decisão que enterra a Lava Jato, voltou a atacar membros do Ministério Público que são críticos à atuação do STF em relação a casos de corrupção.

Disse ele: “Infelizes, reles, desqualificados” acusando os procuradores de forçar acordos de delação premiada e vazar informações. E concluiu: “Assim se instalam as milícias. Quem investiga tem de observar as regras do estado de direito”.

Veja o Vídeo:

Gilmar Mendes tem uma postura vergonhosa

O Ministro Gilmar Mendes tem uma postura vergonhosa e chama Procuradores do MPF e da Lava Jato de “cretinos”, “gentalhas”, acusa-os falsamente de desviar dinheiro público e ainda ameaça: “esses falsos heróis estão no cemitério”. Curte: Coluna Brasil (y)

Publicado por Coluna Brasil em Sexta-feira, 15 de março de 2019

Leia Mais:

#UmCaboUmSoldado hashtag contra o STF viraliza após decisão contra a Lava Jato

Apresentado pedido de impeachment de Gilmar no Senado

Planalto não admite falta de conclusão sobre atentado a Bolsonaro

 

Um comentário sobre “Gilmar Mendes chama os procuradores de " cretinos " e " gentalhas"”

Deixe uma resposta