Na falta do que fazer, Patrícia Lelis acusa o hospital Albert Einstein de mentir sobre saúde de Bolsonaro

Enquanto Jair Bolsonaro apresenta melhora no quadro de saúde, a jornalista Patrícia Lelis segue compartilhando teorias da conspiração e questionando a idoneidade do Albert Einstein.

A jornalista Patrícia Lelis, que se descreve como “socialista, defensora da igualdade de gêneros e classes, acusou o Hospital Israelita Albert Einstein de conspirar junto com o presidente Jair Bolsonaro para esconder o diagnóstico de um “câncer de estômago”.

“Uma informação de uma pessoa de dentro do Hospital Albert Einstein afirma com toda certeza que a cirurgia de Bolsonaro não foi sobre a facada mas sim sobre um câncer no estômago”, diz Patrícia, que tem a conta verificada pela rede social Twitter.

 

Segundo a jornalista, a fonte da sua informação é uma enfermeira que trabalha na ala onde está internado há 12 dias o Presidente da República.

 

Patrícia também é responsável por processar o deputado federal e filho do Presidente, Eduardo Bolsonaro, por supostas ameaças contra sua vida em aplicativo de mensagem.

Dois dias atrás, segundo O Antagonista, a defesa de Eduardo pediu ao STF o arquivamento da denúncia. Na resposta à acusação, os advogados disseram que ela tem uma “carreira de denunciante” e opera uma “indústria extorsionária”.

Na resposta à denúncia, a defesa de Eduardo diz que Lélis já procedeu de forma semelhante ao acusar outras pessoas, com “diálogos fictícios, ardilosamente inventados, roteirizados, montados e produzidos pela própria pretensa vítima, por meio de manipulação digital”.

“Tais mensagens jamais foram enviadas pelo respondente — que, a propósito, nunca teve qualquer relacionamento pessoal com Patrícia –, constituindo o conjunto delas, isso sim, uma montagem ficcional construída pela própria suposta ofendida, com sabe-se lá qual propósito, por meio de uma singela manipulação digital”, acrescentou a defesa

Info: RENOVA MIDIA

Leia mais:

Caixa-preta das “Anistias” vai revelar R$ 10 bilhões de farra petista

 

 

Um comentário sobre “Na falta do que fazer, Patrícia Lelis acusa o hospital Albert Einstein de mentir sobre saúde de Bolsonaro”

Deixe uma resposta